Províncias

Médicos reforçam sistema de saúde

Venâncio Victor | Malanje

A província de Malanje conta a partir de Abril com 235 novos licenciados nas áreas de Medicina, Enfermagem e Ciências de Educação, anunciou sábado o vice-governador provincial para o Sector Político e Social.

Caloiros de estabelecimentos de ensino de nível superior foram baptizados no fim-de-semana
Fotografia: Eduardo Cunha | Malanje

Manuel Campo, que falava na tradicional cerimónia de baptismo de caloiros, que envolveu 647 estudantes das quatro unidades orgânicas da província, disse que se trata de estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade Lueji-a-Nkonde, dos institutos superiores de Tecnologia Agro-Alimentar e Politécnico e da Escola Superior Politécnica de Malanje.
O vice-governador provincial de Malanje acrescentou que os novos licenciados juntam-se aos outros 45 médicos, que se formaram o ano passado.
O ensino superior marca o início de uma etapa longa na vida académica de cada estudante ao mesmo tempo que constitui um motivo de orgulho e de expectativas para as respectivas famílias, amigos, vizinhos e para o país, disse o vice-governador. A obtenção de uma vaga no nível superior é, para muitos, a concretização de um velho sonho, fruto da dedicação e do esforço empreendidos no I e II ciclos de ensino, assim como nos testes de selecção.
O vice-governador de Malanje para o Sector Político e Social exortou os estudantes caloiros para uma maior dedicação e entrega aos estudos, para uma formação íntegra e para satisfazerem as exigências da sociedade actual.
Manuel Campo pediu disciplina e rigor aos estudantes, evitando as cábulas. “Os estudantes devem abster-se de práticas fraudulentas porque põem em causa a credibilidade das instituições académicas e a competência dos quadros a serem formados”.
O Governo Provincial de Malanje vai continuar a prestar a máxima atenção no sector do ensino superior. A província, em pouco mais de seis anos, criou vários cursos e registou um aumento considerável de estudantes.

Tempo

Multimédia