Províncias

Metas estabelecidas foram ultrapassadas

Casimiro José | Conda

O município do Conda é potencialmente agropecuário e todos os anos a produção de produtos diversos supera as metas preconizadas. Para a presente campanha agrícola, foram colhidas 111.672 toneladas de produtos distintos, com a exploração de 30,7 hectares.

O município do Conda é potencialmente agropecuário e todos os anos a produção de produtos diversos supera as metas preconizadas. Para a presente campanha agrícola, foram colhidas 111.672 toneladas de produtos distintos, com a exploração de 30,7 hectares.
Observa-se um crescimento na pecuária e actualmente contabilizam-se 1.688 cabeças de gado bovino, 10.777 caprinos, 2.996 suínos e 1.196 ovinos.
As potencialidades turísticas do município são invejáveis. Apesar do fraco investimento neste sector, 2.082 turistas visitaram a localidade durante o segundo trimestre deste ano. Os locais que mais foram visitados foram as Cachoeiras do Binga, Tocota e Piscina municipal.
Os sectores da saúde e de educação conheceram melhorias nos últimos tempos, fruto dos esforços da administração municipal e do governo da província, embora prevaleçam condicionalismos de ordem conjuntural.
A rede sanitária dispõe de um hospital municipal, com 42 camas, 21 postos de saúde e um corpo clínico composto por cinco médicos, 47 enfermeiros, um técnico de laboratório e pessoal auxiliar.
A rede escolar é composta por 29 escolas, das quais 27 do ensino primário, uma do I ciclo e outra do II ciclo do ensino secundário. Para o presente ano lectivo, foram matriculados 19.483 alunos, da iniciação à 12ª classe. As aulas são asseguradas por 600 professores efectivos.
Por falta de espaço e professores, estão fora do sistema do ensino três mil crianças em idade escolar, dos 5 aos 14 anos.
O município do Conde tem uma superfície de 2.090 quilómetros quadrados e conta com uma população estimada em 76.942 habitantes. Administrativamente, está dividido por duas comunas, sendo a sede e a do Cunjo e duas áreas administrativos, nomeadamente, Assango II e Jombe. 

Tempo

Multimédia