Províncias

Milhares de cabeças de gado estão a ser vacinadas na Huíla

Domingos Mucuta | Lubango

A campanha de vacinação de gado na província da Huíla, prevista para o mês de Fevereiro, arrancou segunda-feira, na comuna da Kihita, município da Chibia, com estimativas de imunizar, nos próximos meses, mais de um milhão de cabeças.

Huíla vai vacinar mais de um milhão de cabeça
Fotografia: DR

A directora do Gabinete Provincial da Agricultura, Pecuária e Pescas, Maria Soma, disse que estão disponíveis acima de um milhão de doses de vacinas contra peripneumonia contagiosa bovina, dermatite nodular e carbúnculos hemáticos.
Os criadores tradicionais de gado manifestaram satisfação com o arranque da campanha, pois há dois anos que os animais não eram imunizados, por falta de vacinas.
Bonifácio Francisco, um dos criadores tradicionais de gado, disse que no município da Chibia se registou, nos últimos dois anos, a morte de mais de 500 cabeças, devido ao elevado índice de doenças, como carbúnculos hemáticos e sintomáticos, dermatite e sarnas.
Outra dificuldade dos pe-cuaristas da Chibia, acrescentou, é a estiagem que assola a região, facto que provoca a falta de água e de pasto para os animais.
Bonifácio Francisco pede a intervenção das autoridades, para que, dentro das possibilidades, sejam adoptadas medidas que visam minimizar os efeitos das irregularidades das chuvas.
A província da Huíla conta com um efectivo ganadeiro de um milhão e 300 mil cabeças de gado bovino. A comuna da Kihita, que acolheu a abertura da campanha de vacinação, conta com cerca de 30 mil cabeças, de um universo de 170 mil existentes no município da Chibia.
O município de Quipungo possui o maior número de cabeças de gado bovino, com 201.373, seguido pelos Gambos, com 180.000, Matala, com 150.000, ao passo que Chipindo detém o menor número, 19.000.
O sector pecuário da província é preenchido também por mais de 1.127.100 cabeças de gado caprino, 316.100 suínos, 261.700 ovinos, 472.800 aves e 2.132 equinos.

Riqueza da população

O administrador municipal da Chibia, Sérgio da Cunha Velho, afirmou que a pecuária é uma das actividades principais da população da província da Huíla. Sérgio da Cunha Velho, que representou o governador provincial da Huíla, Luís da Fonseca Nunes, disse que a actividade é exercida maioritariamente pelo sector tradicional, que representa 95 por cento do efectivo pecuário.
Sublinhou que, em termos económicos, o número de efectivos ganadeiros existente na província da Huíla corresponde a 150 mil milhões de kwanzas, constituindo assim “a maior riqueza da população agro-pastoril da província da Huíla.”
O administrador da Chibia disse que o Governo da Huíla realiza de 20 de Maio a 20 de Julho uma campanha de vacinação contra as principais doenças, com o objectivo de elevar a taxa de imunidade e proporcionar carne e subprodutos derivados de animais isentos de patologias.
Aconselhou a população agro-pastoril da província da Huíla a afluir às mangas de vacinação. “Esta campanha é realizada com o objectivo de aumentar os produtos e subprodutos de origem animal e seus derivados, para garantir a obtenção de proteínas animais e melhorar a dieta alimentar das populações.”
Apelou às autoridades tradicionais, criadores de gado e à população em geral no sentido de cuidarem das infra-estruturas pecuárias, visando a melhoria da saúde dos animais.

Tempo

Multimédia