Províncias

Milhares de crianças são vacinadas contra a pólio

Manuel Tomás| Sumbe; João Salvo| Saurimo; João Constantino| Cuito

Mais de 430 mil crianças menores de cinco anos estão a ser  vacinadas contra a poliomielite na província do Kwanza-Sul, durante a primeira fase da campanha aberta na sexta-feira e até ao dia 19 deste mês, disse a chefe de departamento de Saúde Pública e Controlo de Endemias.

Governador do Kwanza-Sul Eusébio de Brito Teixeira pediu a adesão da população à campanha de vacinação contra a poliomielite
Fotografia: Fernando Camilo| Sumbe

Lusinga Secundua referiu que foram seleccionadas 6.600 pessoas para a campanha, entre vacinadores, brigadistas, mobilizadores sociais, autoridades tradicionais, que contam com o apoio do Governo Provincial e de outras entidades. Na cerimónia de abertura da campanha contra a poliomielite  pelo governador provincial do Kwanza-Sul, Eusébio de Brito Teixeira, a responsável da Saúde Pública e Controlo de Endemias recordou que em 2012 foram vacinadas 431.480 crianças.
Eusébio de Brito Teixeira pediu, na oportunidade, a adesão da população à campanha de vacinação contra a poliomielite, que além de ceifar vidas humanas, quando não tratada, provoca deficiências físicas.
Nos últimos dois anos, sublinhou o governador Eusébio de Brito Teixeira, foram notificados na província do Kwanza-Sul oito casos de que resultaram deficiências definitivas para seis crianças, e, por isso, reiterou o apelo ao engajamento do governo, sociedade civil e outras entidades a contribuírem para a erradicação da poliomielite, cuja jornada de vacinação decorre sob o lema “Crianças vacinadas, Angola sem Pólio para Sempre”.
 
Lunda-sul

Cerca de 112 mil doses de vacinas estão disponíveis para a primeira fase da campanha de combate à poliomielite, que arrancou ontem, em toda a extensão da província da Lunda-Sul. A campanha de vacinação envolve 127 equipas, para uma cobertura acima de 100 mil crianças menores de cinco anos. O chefe de departamento da Saúde Pública e Controlo de Endemias, Miguel Clemente, garantiu a existência de condições técnicas e logísticas para o êxito da campanha, que conta com a colaboração de administrações municipais, da Organização Mundial da Saúde (OMS), da Cruz Vermelha de Angola e grupo empresarial CORE.
 A direcção provincial da Família e Promoção da Mulher também colabora com a campanha, através do esclarecimento da população.Entretanto, a primeira fase da jornanda da campanha contra a poliomielite na província do Bengo arracou na sexta-feira na localidade do Porto Kipiri, município do Dande, em acto presidido pelo vice-governadora, Maria Augusta Peixoto. Para esta empreitada, o Programa Alargado de Vacinação (PAV)disponibilizou mais de 80 mil doses de vacinas contra a poliomielite, que foram distribuídas nos seis municípios da província. A previsão é de serem vacinadas 64.585 crianças.

Crianças no Bié

Mais de 400 mil crianças dos zero aos cinco anos do Bié vão ser vacinadas contra a poliomielite, durante a primeira fase da campanha, que arrancou ontem, anunciaram as autoridades sanitárias da província.
O director interino da Saúde, João Campos, salientou que a província dispõe mais de 500 mil doses de vacinas para cobrir as necessidades durante a campanha, que termina amanhã. Para o efeito, foram mobilizados mais de 2.000 técnicos de saúde em toda a província, que vão assegurar a vacinação dos menores.
Na província do Bié, o acto de lançamento da campanha teve lugar no Centro Infantil Kilamba, em cerimónia presidida pelo governador Boavida Neto. O director interino da Saúde garantiu que todas as unidades hospitalares têm as condições criadas para a campanha de vacinação.
No Bié, há mais de dois anos que não se registam casos de poliomielite, uma situação que resulta das campanhas regulares em todo o território da província.

Tempo

Multimédia