Províncias

Milhares de pessoas procuram conhecer o estado serológico

Victor Pedro | Sumbe

Moradores dos 12 municípios da província do Cuanza Sul, num total de 14.835, procuraram, durante o primeiro trimestre do ano, unidades sanitárias que possuem serviços de aconselhamento e testagem voluntária de VIH/Sida, para conhecer o seu estado serológico.

O supervisor provincial do programa de luta contra a Sida, Domingos Moreira, disse ao Jornal de Angola que nas mais de 14 mil pessoas testadas foram diagnosticados 281 casos positivos.
Domingos Moreira referiu que em comparação a igual período do ano transacto notou-se um aumento de 73 casos positivos, sendo os mais afectados os  municípios de Porto Amboim, Sumbe, Amboim e Libolo.
Sublinhou que o Governo tudo tem feito para que os serviços de Saúde cheguem a todos os municípios, comunas e aldeias, o que tem facilitado o trabalho do programa de combate à Sida. O exíguo número de médicos (quatro) preocupa, situação que põe em causa o acompanhamento dos doentes.
A insuficiência de testes rápidos também preocupa o supervisor do programa de combate à Sida, que referiu que os esforços empreendidos têm dado resultados positivos, tendo em conta a mudança de mentalidade por parte da sociedade, que actualmente encara a doença de forma séria, a julgar pelo número de preservativos que foram distribuídos durante o primeiro trimestre do ano, num total de 400 mil. Um dos ganhos que Domingos Moreira realçou tem a ver com a diminuição do estigma e discriminação por parte da sociedade.

Tempo

Multimédia