Províncias

Militares no Uíge doaram sangue

Joaquim Júnior | Uíge

Um grupo de 71 efectivos das Forças Armadas Angolanas na Região Militar Norte, afectos à unidade dos militares convalescentes no Uíge, doaram ontem, ao Hospital Geral, mais de trinta bolsas de sangue, para ajudar os pacientes com necessidades de transfusão.

O comandante da unidade dos deficientes, major André Marcos, disse que o gesto, que tem como objectivo apoiar o hospital na salvação de vidas humanas, surgiu no âmbito do programa “Março Mulher”, como forma de homenagear as mães, sobretudo o VI Congresso Ordinário da OMA, que decorre na capital do país, desde quinta-feira.
“Uma das principais actividades do militar, além da defesa da pátria, é proteger e defender vidas humanas, razão pela qual aproveitamos o mês dedicado às mulheres, na qualidade de nossas mães, para cumprir uma missão de solidariedade para com os doentes internados nesta instituição hospitalar que estejam a precisar de sangue”, disse.
André Marcos anunciou para breve uma outra campanha de doação de sangue, que vai mobilizar maior número de efectivos, para fortalecer o banco de sangue da maior unidade sanitária da província.  Motondo Madalena, chefe dos serviços de hemoterapia do Hospital Geral do Uíge, disse que a doação é uma ajuda oportuna às necessidades de reservas de sangue da hemoterapia, dado o aumento do número de transfusões diárias que o hospital regista nos últimos dias, onde a média ronda os 50 pacientes por dia.

Tempo

Multimédia