Províncias

Missão Adventista é reabilitada este ano

A Missão Adventista do 7º Dia, localizada na localidade do Bongo, município do Longonjo, província do Huambo, será reabilitada a partir deste ano, num esforço conjunto entre o Governo angolano e a congregação religiosa.

A Missão Adventista do 7º Dia, localizada na localidade do Bongo, município do Longonjo, província do Huambo, será reabilitada a partir deste ano, num esforço conjunto entre o Governo angolano e a congregação religiosa.
 
Segundo informou ontem à Angop, na cidade do Huambo, o pastor adventista residente no Bongo, David Seria, a empreitada assentará na recuperação das infra-estruturas hospitalares, escolares, templos e residências da missão.
De acordo com o pastor, as organizações internacionais afectas à Igreja Adventista aprovaram o programa de reabilitação da missão, a fim de voltar a implementar o papel social em benefício dos angolanos. O líder religioso disse ainda que está prevista a edificação de uma universidade na missão do Bongo para contribuir para a formação académica e no desenvolvimento socio-económico da região, adiantando que existe já disponibilidade de professores universitários do Brasil, México, Portugal e outros pontos do mundo onde se encontra representada a igreja adventista.
“A igreja tem objectivos generalistas e não particularistas a favor da população angolana”, disse o pastor, formado na missão do Bongo.
A Igreja Adventista continua a formar jovens da congregação em matérias teológicas para o reforço dos programas de evangelização, de acordo com a evolução tecnológica do mundo. A missão do Bongo, fundada em 1924 por missionários americanos, é o centro da comunidade religiosa adventista em Angola. As primeiras actividades missionárias em Angola tiveram início no município do Longonjo, com a instalação de pastores americanos na missão do Bongo, acções viradas à evangelização, educação, tratamento de doentes e o fomento do desenvolvimento socioeconómico.

Tempo

Multimédia