Províncias

Aberta escola rural para formação de jovens

Lino Vieira| Luena

A província do Moxico dispõe desde ontem, na localidade de Sacassange, de uma escola rural de formação e ofícios.

Instituição vai formar jovens da província
Fotografia: José Soares

Denominada “Cidadela jovens de sucesso de Sacassange”, a escola, inaugurada pelo ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS), Pitra Neto, e pelo governador João Ernesto dos Santos, arrancou com 54 alunos.
A instituição vai formar jovens em 11 cursos: agricultura e pecuária, agro-indústria, operação e manutenção de máquinas agrícolas e pesadas, construções rurais, canalização, carpintaria e marcenaria, electricidade, rádio e televisão, e serralharia.
O centro dispõe de 16 quartos para alunos internos com 80 camas, gabinetes administrativos, mediateca, centro médico, campo desportivo multiusos e outro de futebol, nove estufas, dois aviários, um estábulo, hangar, centro de armazenamento e uma sala de lazer instalada numa área de quatro hectares.
O  governador do Moxico disse que a escola rural de formação e ofícios resulta da preocupação do Executivo em relação à formação, essencial para que cada um tenha uma profissão que lhe permita exercer tarefas para o desenvolvimento da região e do país. João Ernesto dos Santos salientou que o Executivo tem estado a trabalhar no sentido de potenciar as províncias com infra-estruturas que facilitem a formação de jovens sem grandes oportunidades de acesso ao emprego ou progressão nos estudos.
A “Cidadela jovens de sucesso de Sacassange” tem por objectivo ajudar na recuperação de jovens e adolescentes marginalizados em situação de vulnerabilidade social e com poucas perspectivas de êxito na vida. A metodologia educacional consiste em mantê-joselos nas instalações do centro em regime de internato, durante três anos consecutivos, para aqui recebem uma formação integral e multidisciplinar, com as vertentes teórica e prática.

Tempo

Multimédia