Províncias

AJAPRZ doa bens ao lar de idosos do Luena

Lino Vieira | Luena

Mais de oito toneladas de bens diversos foram ontem doados ao lar da terceira idade do Luena pela Associação dos Jovens Angolanos Provenientes da Zâmbia (AJAPRZ).

Associação de Jovens Provenientes da Zâmbia solidarizam-se com idosos
Fotografia: Daniel Benjamim

Mais de oito toneladas de bens diversos foram ontem doados ao lar da terceira idade do Luena pela Associação dos Jovens Angolanos Provenientes da Zâmbia (AJAPRZ).
Composta por roupas usadas, arroz, fuba de milho, óleo e massa alimentar, sabão, conservas, açúcar, bolachas, cobertores, cadeiras de rodas, muletas e utensílios de cozinha, a doação visa suprir as necessidades que o centro passa, disse a directora provincial do Ministério da Assistência e Reinserção Social (MINARS), Ana Filomena Chipoia.
No quadro de um programa que visa apoiar as autoridades tradicionais, os municípios do Luau, Lumbala Nguimbo e Cazombo vão ser as próximas localidades a beneficiar da entrega de bens da AJAPRZ, disse Bento Raimundo, o presidente da associação. Nesta altura, decorrem negociações com o governo provincial para a concretização deste propósito.
Bento Raimundo lembrou que um programa de concessão de micro créditos vai ser lançado em Setembro próximo para apoiar iniciativas em pequenos negócios por parte das famílias regressadas das repúblicas da Zâmbia e do Congo Democrático.
Segundo o responsável da associação filantrópica, as famílias a beneficiar do referido projecto já estão identificadas, através dos registos feitos há já algum tempo.

Professores destacados recebem prémios no Luena

Pelo menos, 15 professores mais destacados da escola do ensino primário 335, no bairro Sangondo, arredores da cidade do Luena, foram ontem premiados com bens diversos, numa iniciativa da Associação dos Jovens Angolanos Provenientes da Zâmbia (AJAPRZ). Como prémios, os beneficiários receberam, entre outros, motorizadas, arcas, geleiras, televisores, fogões a gás e ainda diverso material didáctico.
Os alunos receberam também material didáctico.
A directora da escola, Anastácia Ruben, agradeceu o gesto da associação, que visa promover a auto estima dos professores e reforçar a instituição com mais material didáctico, suprindo as necessidades do estabelecimento de ensino e dos alunos de família de baixa renda.
O professor Nelson de Almeida, um dos beneficiários, espera que iniciativas do género se repitam por mais vezes, sobretudo em locais onde o sistema de ensino e aprendizagem enfrenta ainda grandes dificuldades.Na Escola Superior Politécnica do Moxico, a AJAPRZ ofereceu cerca de trinta computadores e duas motorizadas, meios que vão contribuir para melhorar o funcionamento das actividades da instituição, como disse o seu director para a área académica, Aguinaldo Cahilo.

Tempo

Multimédia