Províncias

Andamento das obras satisfaz o governador

Aniel Benjamim | Luena

O governador do Moxico, João Ernesto dos Santos, está  satisfeito com o andamento das obras sociais em curso no município do Luau, com realce para a construção de seis escolas e uma central para fornecimento de energia eléctrica.

Governador João Ernesto dos Santos
Fotografia: Jaimagem

Durante a visita que efectuou para verificar o andamento das obras em curso na região, avaliou os trabalhos de construção de quatro escolas com 14 salas cada, dos bairros Canende, Marien Ngouabi, Luhemba e Fota.
O governador visitou, ainda, as obras de construção de duas escolascom dez salas localizadas no bairro Kapango e inspeccionou         também as obras da nova central eléctrica da sede do município do Luau.Em declarações à imprensa no final das visitas, referiu que está satisfeito com a execução dos trabalhos, dada a sua evolução desde Abril, quando realizou a sua última deslocação para este efeito.
João Ernesto dos Santos garantiu que o Executivo está empenhado naconstrução de várias infra-estruturas, para permitir maior acesso aosserviços públicos e proporcionar bem-estar à população.
“Vamos continuar a trabalhar para melhorarmos cada vez mais as condições sociais básicas das populações, com a construção de maisescolas, unidades sanitárias e de outros empreendimentos de maior impacto na vida dos cidadãos”. O director das Obras Públicas, Osvaldo Pinto, considerou de extrema importância a deslocação do governador àquele município,por se tratar de uma visita de constatação de tudo quando está a ser feito em prol da população.
Osvaldo Pinto reconheceu que todas as obras em curso decorrem a bomritmo, pois, referiu, algumas escolas com obras mais avançadas vãoser entregues no último semestre do ano em curso.
“A qualidade das obras é boa, temos verificado que os empreiteiros se têmempenhado nesse sentido, mostrando capacidade técnica adequada e não notámos ainda qualquer incumprimento em termos contratuais”.
O administrador municipal do Luau, Juvenal Mutunda, disse que a conclusão das obras nos mais variados sectores vai proporcionar melhor acesso aos serviços públicos, principalmente nos sectores da educação e saúde.

Tempo

Multimédia