Províncias

Autoridades prestam atenção aos problemas das crianças

José Rufino | Luena

A vice-governadora do Moxico para o sector político e social, Adriana  Cacuassa Bento, garantiu no Luena que as autoridades locais vão continuar a prestar uma atenção redobrada aos problemas que afectam as crianças.

Várias infra-estruturas sociais dignificam cada vez mais a vida dos menores do Moxico
Fotografia: Dombele Bernardo |

Adriana Cacuassa Bento ressaltou que os problemas são encarados com maior seriedade e responsabilidade, já que as crianças são o garante da continuidade do desenvolvimento do país.
A vice-governadora frisou que a materialização dos 11 compromissos estabelecidos pelas Nações Unidas e parceiros sociais sobre a criança surge como uma necessidade imperiosa, de modo a encontrar mecanismos que melhor a sua condição de vida.
Adriana Cacuassa Bento reconheceu que a falta de maturidade social e os conflitos nas famílias estão entre as causas do abandono e violência de que as crianças são vítimas quer no lar, quer no meio social.
Para debelar a situação, afirmou que o  Executivo aprovou um pacote legislativo, em que se destaca a lei sobre a proteção e desenvolvimento integral da criança, que valoriza a sua defesa e direitos fundamentais.
Na província do Moxico, disse, foram elaborados e aprovados os programas executivos de âmbito provincial e municipal referentes aos 11 compromissos, com grande atenção às questões ligadas à esperança de vida ao nascer, segurança alimentar e nutricional, registo de nascimento, educação da primeira infância, primária e profissional.
A justiça juvenil, prevenção e educação sobre o VIH/Sida nas famílias, a protecção social e competências familiares, menores e a comunicação social, cultura e desporto, são questões tratadas nos referidos programas.
A vice-governadora assegurou que, apesar de haver ainda algumas dificuldades na implementação dos 11 compromissos da criança, a província do Moxico está no bom caminho.

Tempo

Multimédia