Províncias

Avanço de ravina ameaça bairro Aço

Moradores do bairro Aço, nos arredores da cidade do Luena (Moxico), declararam na quarta-feira estar preocupados com a progressão das ravinas em direcção à cidade, destruindo casas e vias de circulação rodoviária, em consequência das enxurradas que caem diariamente sobre a região.

Várias infra-estruturas estão ameaçadas
Fotografia: Daniel Benjamim

Moradores do bairro Aço, nos arredores da cidade do Luena (Moxico), declararam na quarta-feira estar preocupados com a progressão das ravinas em direcção à cidade, destruindo casas e vias de circulação rodoviária, em consequência das enxurradas que caem diariamente sobre a região.
Uma equipa da Angop, que se deslocou ao referido bairro, constatou a destruição de muitas casas de construção precária (adobes e chapas de zinco), afectadas por uma ravina com duas ramificações, uma das quais se estende em direcção ao bairro Bomba.
Com as constantes chuvas, a corrente das águas pluviais aprofundam a ravina, que apresenta cerca de dez metros de profundidade e 20 de largura, numa extensão de cerca de 400 metros de comprimento.
Sebastião Alberto, morador do bairro Aço há 14 anos, disse à Angop que “a situação é preocupante, pois o avanço das ravinas tira o sono aos residentes”, que já solicitaram uma rápida intervenção das estruturas competentes, para o seu estancamento.
Imaculada Augusta, que mora no bairro há três anos, viu uma das paredes da sua residência desabar na noite de terça-feira, em consequência das inundações.
Uma equipa de funcionários de uma empresa portuguesa trabalha no local, para tentar impedir a progressão das correntezas das águas. Localizado na zona sul (Baixa) da cidade do Luena, ao bairro Aço afluem as águas das chuvas vindas de todas as direcções, que desembocam no rio Luena, localizado a cerca de dois quilómetros da capital do Moxico.

Tempo

Multimédia