Províncias

Banco de urgência atende centenas de casos

José Rufino | Luena

O Banco de Urgência do Hospital Provincial do Moxico registou, de 3 a 16 deste mês, 556 casos de patologias diversas, revelou o chefe de secção de estatística da unidade sanitária.

Francisco Gabriel disse ao Jornal de Angola que os casos que mais deram entrada naquele unidade hospitalar foram de febre tifóide, malária, acidentes cardiovasculares, doenças  diarreicas agudas, infecções respiratórias e alguns casos de  sarampo e anemia.
O aumento de casos de malária e doenças diarreicas deve-se ao fraco saneamento básico, resultante das chuvas que se abatem na região, assim como à falta de informação sobre os cuidados médicos.
Ainda no mesmo período, o Hospital  do Moxico deu alta a  553 pacientes e registou três mortes por malária, febre tifóide e doenças diarreicas agudas. Além disso, o  centro de  hemoterapia da unidade tem falta de sangue para  atender  o elevado número de doentes que diariamente ali acorrem.
O chefe  do banco de sangue, Aurélio Zacarias José, disse que  diariamente são utilizados entre  14 a 20 balões de sangue  e apelou a sociedade no sentido de se mobilizar para doar sangue e diminuir o desespero que assola muitas famílias carentes.  

Tempo

Multimédia