Províncias

Cabo de fibra óptica melhora serviços da Angola Telecom

Carlos Paulino | Menongue

Os serviços de Internet e de voz vão conhecer melhorias significativas, com a entrada em funcionamento, nos próximos dias, do cabo de fibra óptica, garantiu ontem, na cidade de Menongue, o director provincial do Cuando Cubango da Angola Telecom, João Epalanga.

João Epalanga, da Telecom
Fotografia: Nicolau Vasco | Edições Novembro | Menongue

Em declarações ao Jornal de Angola, João Epalanga informou que o cabo de fibra óptica, que saiu da província do Bié até à cidade de Menongue, numa extensão de cerca de 300 quilómetros, começou a ser ensaiado há duas semanas, no sentido de corrigir-se algumas falhas, para permitir que o sinal chegue em condições.

João Epalanga explicou que o sistema de fibra óptica, que começou a ser instalado em 2010, demorou muito tempo para ser concluído, por causa das toupeiras que danificavam ou cortavam os cabos subterrâneos ao longo da via entre o Bié e a cidade de Menongue.
Acrescentou que, para inverter esta situação nos locais onde as toupeiras danificavam os cabos, optou-se por ligações aéreas.
Recordou que a Angola Telecom na província só recebia o sinal de voz e Internet por satélite, registando-se muitas falhas na transmissão, devido aos fenómenos naturais, sobretudo as fortes chuvas que caem na região, acompanhadas de rajadas de vento, trovoadas e granizo.
João Epalanga realçou que o cabo de fibra óptica é muito melhor em relação ao sinal do satélite, porque, a par de ser menos dispendioso, não há quebra de sinal ou interrupções quando estiver a chover torrencialmente ou havendo descargas eléctricas.
“Numa primeira fase, o sinal do cabo de fibra óptica vai ser expandido apenas na cidade de Menongue e alguns bairros periféricos", disse João Epalanga, acrescentando que a entrada em funcionamento do cabo de fibra óptica na província vai permitir vender, sobretudo o sinal de Internet, às instituições do Governo, agências bancárias, à Movicel e outras empresas privadas, que dependem fundamentalmente deste serviço para o desempenho das suas actividades.
João Epalanga fez saber que actualmente a Angola Telecom na província do Cuando Cubango conta com 1.287 clientes nos municípios de Menongue, Cuangar e Calai, dos quais 1.200 do serviço de voz e 87 de Internet. Explicou que a Angola Telecom pretende, nos próximos dias, recuperar uma dívida de mais de 23 milhões de kwanzas, de serviços não pagos há muitos anos.
Salientou que outra aposta da Direcção Provincial da Angola Telecom é recuperar 11 das 31 cabinas públicas instaladas na cidade de Menongue e que se encontram avariadas. O director provincial da Angola Telecom acrescentou que os clientes que necessitarem deste serviço, principalmente para efectuar chamadas internacionais, vão poder comprar os cartões, que são comercializados a um valor mínimo de 300 kwanzas.

Tempo

Multimédia