Províncias

Centenas de jovens formados no Moxico

Kapala Manuel| Luena

A província do Moxico conta com mais 200 técnicos médios de ciências económicas e jurídicas, humanas, físicas e biológicas, formados pela Escola do Ensino Secundário Geral “157 Kapango”, nos arredores da cidade do Luena, anunciou ontem o chefe da secção do departamento do ensino geral da Direcção Provincial da Educação, Ciências e Tecnologias.

Jambas Piqui, que considerou a educação como a chave para o desenvolvimento social e humano, disse ser pertinente formar e estudar, a única via legítima para promover uma sociedade justa e harmoniosa. O responsável informou  que o crescimento da rede escolar é preocupação do governo, para garantir a formação de pessoas em idade escolar e promover a qualidade do ensino no país.
Os recém-formados foram encorajados por Jambas Piqui a terem motivação, no sentido de progredirem na investigação dos conhecimentos transmitidos pelos professores durante os três anos de formação, tento em conta os desafios da sociedade.
 Enquanto isso, o  município dos Luchazes, na província do Moxico, precisa de 162 novos professores, para garantir a cobertura total da rede escolar, que conta com 3.985 alunos matriculados, disse terça-feira o director local da Educação, Ciências e Tecnologia.
José Massela avançou que a insuficiência de professores impossibilitou o enquadramento de cerca de 1.720 crianças, durante o presente ano lectivo.
O responsável da Educação fez saber que as aulas nas dez escolas do primeiro e segundo ciclos de ensino são ministradas por um total de 84 professores.

Tempo

Multimédia