Províncias

Centenas de mulheres já foram alfabetizadas

Osvaldina Baptista | Luena

Mais de 600 mulheres com mais de 30 anos de idade foram alfabetizadas desde 2007, no Luena, Moxico, pelo núcleo da alfabetização da Igreja Baptista, no âmbito do programa de aceleração escolar.

A afluência de mulheres às salas de alfabetização aumenta na província do Moxico
Fotografia: Jornal de Angola

Mais de 600 mulheres com mais de 30 anos de idade foram alfabetizadas desde 2007, no Luena, Moxico, pelo núcleo da alfabetização da Igreja Baptista, no âmbito do programa de aceleração escolar.
O responsável do referido núcleo, Guilherme Fernando, disse ao Jornal de Angola que, tendo em conta o crescente número de interessados, a igreja está a alargar o projecto a nível dos municípios e comunas mais próximos da sede daquela província.
Guilherme Fernando mostrou-se satisfeito com o maior interesse por parte das mulheres em aprenderem, em relação aos homens, que ainda continuam a ter menos interesse no processo de alfabetização.       
Disse que muitas mulheres, no princípio das aulas, mostram-se tímidas devido à idade e atraso do nível académico, mas depois, com o tempo, ganham interesse em aprender ler escrever. Devido à falta de salas de aula e de professores, o núcleo de alfabetização reduziu para 120 o número de matriculados para este ano lectivo.

Tempo

Multimédia