Províncias

Colocada a pedra do novo hospital

Samuel António | Luena

A primeira pedra para a construção de um hospital municipal de referência na cidade do Luena, província do Moxico, foi colocada ontem pelo governador Ernesto dos Santos Liberdade.

A foto documenta o momento em que o governador provincial colocava a primeira pedra para a construção do novo empreendimento
Fotografia: Daniel Benjamim| Luena

O governador do Moxico, Ernesto dos Santos Liberdade, colocou,sexta-feira, a primeira pedra de um hospital municipal de referência, num investimento de quase de 1,4 mil milhões de kwanzas, cujas obras devem estar concluídas até 2013.
O estabelecimento, a construir numa área de 36.864 metros quadrados, no bairro Capango, vai ter cem camas, banco de urgência, pediatria, consulta externa, refeitório, área administrativa e um parque de estacionamento para 50 viaturas.
O hospital, cuja construção faz parte do Programa de Investimento Públicos, vai também dispor de bloco operatório, com quatro  salas, duas delas para operações e as outras para os partos, e laboratórios de hemoterapia, bacteriologia, serologia, bioquímica e  hematologia, além de morgue para 20 corpos. 
O director provincial da Saúde em exercício afirmou que o estabelecimento “vai desafogar o hospital provincial e proporcionar um atendimento mais personalizado”.
Manuel Yava referiu que o governo provincial sempre se preocupou com a melhoria da assistência médica e medicamentosa e que a construção de um hospital municipal de referência é exemplo disso. O administrador municipal do Moxico lembrou que a pobreza não é apenas não ter dinheiro e bens materiais, mas falta de acesso à saúde, à educação e a outros serviços sociais básicos.O Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza, aprovado pelo Executivo, disse Zaqueu Isaac, é extensivo às áreas da educação, saúde, agricultura, energia e águas e à construção de infra-estruturas. 
O director do Urbanismo e Construção, Osvaldo Pinto, assegurou que estão assegurados “todos os pormenores técnicos” para a obra ser entregue no prazo estabelecido com a empresa construtora.

Tempo

Multimédia