Províncias

Crescem denúncias de violência doméstica

José Rufino | Luena

A direcção provincial da Família e Promoção da Mulher no Moxico registou, durante o primeiro semestre deste ano, 82 casos de violência doméstica, mais quatro em relação ao período anterior, informou ontem ao Jornal de Angola a chefe de secção para esta área, Lurdes dos Santos.

A direcção provincial da Família e Promoção da Mulher no Moxico registou, durante o primeiro semestre deste ano, 82 casos de violência doméstica, mais quatro em relação ao período anterior, informou ontem ao Jornal de Angola a chefe de secção para esta área, Lurdes dos Santos.
Aquela funcionária afirmou que o abandono do lar, incumprimentos de mesadas, fuga à paternidade, agressão física e moral são os tipos de casos mais registados no Moxico.
Mais de cinco casos diversos são atendidos por dia naquela secção, o que Lurdes dos Santos considera preocupante, porque muitos cidadãos ainda não têm noção da perigosidade dos actos que cometem com as suas famílias e com a sociedade.
Lurdes dos Santos sublinhou  que a direcção da Família e Promoção da Mulher tem realizado palestras junto das comunidades com vista a reduzir o número de casos de violência doméstica, acções que vão prosseguir no próximo ano.

Tempo

Multimédia