Províncias

Criadores de Luangrico temem ataques de leões

Criadores de gado da regedoria de Luangrico, município do Luena, estão preocupados com os frequentes ataques de leões às suas manadas.

Ataques dos leões têm-se intensificado e matam muitos animais como bois
Fotografia: DR

Em declarações à Angop, os criadores de gados disseram estar apreensivos com a situação por estarem a tornar-se recorrentes as invasões de leões aos currais durante a noite, período em que devoram a  criação.
Manuel Catonde, criador de gado há mais de dez anos, disse que os ataques dos leões se têm intensificado nos últimos tempos na região, com a morte de muitos animais domésticos, o que tem prejudicado o rendimento de muitos agricultores.
Os leões, explicou, atacam e devoram principalmente bois, porcos e cabritos, mas o criador Rui Leví teme que as próximas vítimas possam ser os próprios moradores, atendendo ao elevado número de ataques perpetrados pelos felinos.
Por isso, pediu às autoridades da província que intervenham e encontram um método para conter os ataques e afugentar os leões das redondezas da região.
A regedoria de Luangrico está localizada a nove quilómetros da cidade do Luena, capital do Moxico, e tem uma população estimada em mais de mil habitantes. Os habitantes dedicama-se essencialmente a agricultura.

Tempo

Multimédia