Províncias

Culturas no Moxico ameaçadas

José Rufino | Luena

Pelo menos 33 associações de camponeses na província do Moxico estão em risco de perder as suas colheitas, devido à falta de chuvas que se faz sentir nesses últimos meses.

Pelo menos 33 associações de camponeses na província do Moxico estão em risco de perder as suas colheitas, devido à falta de chuvas que se faz sentir nesses últimos meses.
A preocupação foi manifestada ontem, na cidade do Luena, pelo grupo técnico de acompanhamento ao crédito agrícola na província do Moxico, que esteve no terreno para constatar as principais dificuldades. O agricultor Jorge António, presidente da Associação Suco, disse que, se a situação continuar, vários camponeses têm o ano agrícola muito comprometido.
“Nós temos créditos com bancos. Com esta situação, vamos ter vários problemas no reembolso dos valores que nos foram dados pelos bancos, para o início das nossas actividades”, assegurou.
O coordenador adjunto do grupo técnico de acompanhamento ao crédito agrícola no Moxico, Bernardo Sambambe, afirmou que a situação é crítica e de difícil solução.
Dos produtos deteriorados constam o milho, ginguba, feijão, batata-doce e rena, couve, cebola, repolho, cenoura e banana.

Tempo

Multimédia