Províncias

Docentes são qualificados

O director municipal da Educação em Camanongue, província do Moxico, considerou que a qualidade do ensino depende da formação e capacitação periódica dos professores.

Formação permitiu aos professores estarem melhor preparados para os desafios actuais
Fotografia: Nicolau Vasco | Menongue

Henrique Pasta disse durante um seminário ser necessário formar constantemente os professores, alfabetizadores, facilitadores e directores escolares.
“É necessário que os professores se empenhem com responsabilidade na transmissão de conhecimentos, para garantirem qualidade intelectual aos alunos e preparar homens capazes de servir o município e o país em geral”, precisou.
Os participantes abordaram durante seis dias vários assuntos, com destaque para o processo de ensino e aprendizagem, sistema de avaliação, bem como o preenchimento de pautas.
Situado 52 quilómetros a norte da cidade do Luena, capital da província do Moxico, o município de Camanongue matriculou no presente ano lectivo mais de 17 mil alunos do ensino primário ao II ciclo do ensino secundário, distribuídos em 182 salas de aulas, cujo processo é assegurado por 403 professores.

Alfabetização em Camanongue


Os alfabetizadores do município concluíram uma acção formativa e estão melhor preparados para os desafios actuais.Promovida pela Direcção da Educação, a acção formativa serviu para transmitir aos participantes subsídios sobre os módulos I do programa “Sim eu Posso” e do “Gostar de Ler e Escrever”, usados nos currículos de alfabetização no país.

Tempo

Multimédia