Províncias

Escola e posto médico nos bairros do Luena

Lino Vieira| Luena

Os habitantes dos bairros Sinai Novo e Alto Luena, arredores da cidade do Luena, contam desde terça-feira com uma escola primária e um centro médico, inaugurados no quadro do Programa de Investimentos Públicos.

Os habitantes dos bairros Sinai Novo e Alto Luena, arredores da cidade do Luena, contam desde terça-feira com uma escola primária e um centro médico, inaugurados no quadro do Programa de Investimentos Públicos.
A nova escola, construída de raiz no bairro Sinai Novo, tem capacidade para albergar 1.260 alunos em dois turnos. A mesma possui, entre outros, gabinete para o director e seus adjuntos e um campo para prática desportiva.  
O centro de saúde do Alto Luena é uma infra-estrutura devidamente equipada, com capacidade para internar 60 pacientes.
Os dois empreendimentos foram inaugurados pelo governador provincial, João Ernesto dos Santos “Liberdade”.
O centro clínico conta com um banco de urgência, salas de parto e de consultas externas.
 O governador disse que as autoridades estão comprometidas com o povo, pelo que continuam a trabalhar para que as condições de vida das populações melhorem cada vez mais.
Ernesto dos Santos garantiu esforços redobrados para que surjam mais infra-estruturas nas zonas ­suburbanas e rurais, com a construção de mais escolas, centros de saúde e sistemas de abastecimento de água e energia eléctrica.
 O director provincial da Saúde, Ruben Inácio, disse que a inauguração do centro no bairro Alto Luena mostra os esforços que o governo do Moxico está a desenvolver na expansão dos serviços sanitários.
 O Programa de Municipalização dos Serviços de Saúde no Moxico, esclareceu o responsável, tem vindo a melhorar significativamente o modo de atendimento, em termos de assistência médica e medicamentosa, em todas as localidades da província.
Com o surgimento dos referidos serviços, as populações locais têm evitado percorrer grandes distâncias para ter assistência médica e medicamentosa, bem como para conseguir estudar.
Nos últimos tempos, as autoridades administrativas e provinciais redobram esforços para garantir mais escolas e hospitais, centros e postos médicos, no sentido de melhorar cada vez a vida das populações. Neste âmbito, em breve, mais estabelecimentos clínicos e escolares entram em funcionamento na província, rematou o responsável.

Tempo

Multimédia