Províncias

Escolas de ensino primário precisam de mais professores

Lino Vieira|Luena

As escolas do ensino primário e do II ciclo do secundário do Moxico precisam de mais de 200 novos professores de educação física, revelou, na cidade do Luena, o chefe de departamento da disciplina.

Várias disciplinas com falta de docentes
Fotografia: Nuno Flash

Alfredo Justo referiu que, neste momento, a província tem 126 professores de educação física, número que não satisfaz devido à quantidade de escolas.
Os professores de educação física, lamentou, são obrigados a uma sobrecarga de trabalho para não prejudicarem os alunos, principalmente os do segundo ciclo do secundário.
Cerca de cem professores de educação física estão reunidos de quinta até terça-feira, no Luena numa acção de formação promovida pela Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Moxico, durante a qual analisam a situação da disciplina e adquirem conhecimentos sobre novos métodos de ensino.
O chefe de departamento de educação física reafirmou que o encontro se destina ao aperfeiçoamento e a actualização de conhecimentos que devem sem aplicados nas aulas teóricas e práticas sobre andebol, voleibol, ginástica e basquetebol.
Na formação são igualmente apresentados temas ligados à metodologia de ensino, anatomia, critérios de atribuição de notas, testes de condição física, plano de aulas e as modalidades desportivas.
O seminário, disse, permite juntar todos os professores da província para troca de experiência, tendo em conta as melhorias que se querem no novo ano lectivo, que abre oficialmente no dia 31.
No final da formação, os participantes no seminário recebem um conto de instrumentos de trabalho, como apitos, cronómetros, tapetes para exercícios práticos e sapatos adequados ao exercício da profissão.

Tempo

Multimédia