Províncias

Execução de empreitadas avaliada pelo governador

José Rufino | Luena

O nível de execução das obras em curso nos municípios do Luau, Luacano, Lumeje, Cameia e Leua deixou quinta-feira satisfeito o governador provincial do Moxico, João Ernesto dos Santos “Liberdade”.

Ao falar no termo de uma visita de campo para constatar o andamento dos programas, o governador provincial considerou que as obras decorrem a bom ritmo.
No município fronteiriço do Luau, Ernesto dos Santos visitou as obras de construção de quatro escolas, com 14 e dez salas de aulas, do Instituto Médio Agrário, os 200 fogos habitacionais, a central eléctrica e a subunidade da Polícia de Guarda Fronteira.
O governador visitou ainda o município do Luacano, onde constatou as obras de edificação da delegação municipal do SINSE, do comando local da Polícia Nacional, subdelegação da Agência Angola Press (Angop), casas para quadros e um centro de acolhimento para crianças.
Ainda no Luacano, o governante visitou também as obras de construção da repartição da Agricultura e do Comércio e as valas de drenagem para a evacuação das águas pluviais.
O director provincial das Obras Públicas do Moxico, Osvaldo Pinto, esclareceu que algumas acções estão em fase de acabamento e outras já concluídas, aguardando-se pela inauguração.
Apesar dos avanços, foram tomadas algumas notas relacionadas com alguns atrasos. "Estamos a trabalhar com os empreiteiros de forma a dinamizarmos mais os trabalhos que estão a levar a cabo", disse.
Os atrasos estão a ser provocados pelo difícil acesso às zonas de trabalho, tendo em conta o estado menos bom das vias.
A administradora do Luacano, Filomena Chipoia, disse que o município tem vindo a conhecer melhorias significativas nos últimos anos, tendo em conta a construção de várias infra-estruturas sociais.
O Governo Provincial do Moxico e a Administração Municipal do Luecano têm conjugado esforços para colocar à disposição dos munícipes mais serviços básicos e ajudar na melhoria das suas condições de vida.

Tempo

Multimédia