Províncias

Falta de docentes foi constatada pelo governador

José Rufino | Luena

O governador do Moxico, João Ernesto dos Santos, afirmou estar preocupado com o reduzido número de professores colocados no município dos Luchazes.

Em declarações à comunicação social, após a inauguração de uma escola de seis salas na localidade de Luzi, município dos Luchazes, o governador disse que a notícia da falta de professores naquele município preocupa o Governo Provincial.
Para resolver esta situação, que considerou muito alarmante, João Ernesto dos Santos disse que o Governo vai trabalhar com o sector no sentido de se resolver este problema tão depressa quanto possível.
Ainda nos Luchazes, o governador entregou uma residência para enfermeiros e visitou as obras de construção de uma escola com 14 salas, 200 fogos habitacionais na sede do município e um posto de médico na localidade de Luanguinga.
João Ernesto dos Santos garantiu que o Governo Provincial está a fazer tudo para, num futuro muito próximo, haver ligação entre a sede municipal e as comunas.
No final da sua visita ao município dos Luchazes, o governador João Ernesto dos Santos mostrou-se satisfeito pela forma como estão a ser executados os programas de Investimentos Públicos e de Luta contra a Pobreza naquele município e encorajou-o a prosseguir com a mesma determinação.

Tempo

Multimédia