Províncias

Fortes chuvas arrancam tectos de moradias

Nas povoações de Sacassange e Dala-Sul, arredores do município do Luena, 67 casas ficaram sem tecto em consequência das fortes chuvas, acompanhadas de ventos fortes, que se registaram nos últimos dias.

Nas povoações de Sacassange e Dala-Sul, arredores do município do Luena, 67 casas ficaram sem tecto em consequência das fortes chuvas, acompanhadas de ventos fortes, que se registaram nos últimos dias.
Uma nota de imprensa do Comando Provincial da Polícia Nacional informa que, além das casas, ficou igualmente afectado um posto policial.
Uma fonte da Comissão de Protecção Civil contactada pela Angop revelou que a maior parte das casas afectadas são construídas em algumas áreas de risco e com materiais locais (adobes), tendo informado que a situação já está controlada.
Em consequência das chuvas que se fazem sentir nos últimos dias nesta região, o cidadão Arlindo Mutondo, de 33 anos, morreu vítima de descarga eléctrica, na localidade de Sacassange.
Sacassange e Dala-Sul ficam, respectivamente, 12 e 30 quilómetros a sul da cidade do Luena, com uma população estimada em mais de 30 mil habitantes, na maioria camponeses.

Tempo

Multimédia