Províncias

Hospital do Luau precisa de enfermeiros

Lino Vieira | Luau

O hospital municipal do Luau, 334 quilómetros a Leste da cidade do Luena, capital do Moxico, carece de enfermeiros especializados, para atender o número elevado de pacientes que diariamente procuram o banco de urgência, adiantou Pascoal José, chefe de estatística do estabelecimento hospitalar.

O hospital municipal do Luau, 334 quilómetros a Leste da cidade do Luena, capital do Moxico, carece de enfermeiros especializados, para atender o número elevado de pacientes que diariamente procuram o banco de urgência, adiantou Pascoal José, chefe de estatística do estabelecimento hospitalar.
Para preencher as vagas existentes, os serviços de Saúde no município precisam de 60 enfermeiros e de pelo menos cinco médicos, nas especialidades de ortopedia, cirurgia, medicina, oftalmologia e pediatria.
Actualmente, o município dispõe de dois médicos que trabalham no centro de tuberculose e lepra e 144 enfermeiros a trabalhar no hospital municipal e nos 10 postos médicos existentes, número considerado insuficiente, tendo em conta o crescimento populacional que a região tem vindo a registar. O hospital do Luau tem capacidade para internar 164 pacientes.
De Janeiro a Setembro, foram atendidos, só nas consultas externas, 23 mil pacientes. A malária, doenças diarreicas agudas, hipertensão, infecção respiratória aguda e conjuntivite são as patologias mais frequentes que, durante o período em referência, causaram 70 óbitos, sendo as crianças as principais vítimas.

Tempo

Multimédia