Províncias

Hospital Provincial notificou aumento no último trimestre

Lino Vieira | Luena

O banco de urgência do  Hospital Provincial do Moxico  registou, durante o segundo trimestre deste ano, um total de 146 óbitos em  9.272 pacientes, o que representa uma subida de casos de mortes em relação ao mesmo período do ano passado, revelou o chefe de estatística da instituição.

Malária lidera lista de doentes acamados
Fotografia: Kindala Manuel

Francisco Gabriel salientou ontem, na cidade do Luena, que, durante o segundo trimestre de 2015, o banco de urgência daquela unidade sanitária registou 58 mortes, do total de 5.944 pacientes assistidos.
O responsável sublinhou que a  malária grave continua a  liderar a lista das causas de óbitos, com 84 casos, seguida de doenças diarreicas e infecções respiratórias agudas, hipertensão arterial, diabetes, gastrite, mal nutrição e febre tifóide.
Em termos de internamento, a área de medicina registou 899 pacientes, a cirurgia anotou 115 doentes acamados, a pediatria 2.684  e a ortopedia 69, totalizando 3.767 pacientes. Francisco Gabriel assegurou que a direcção do hospital vai continuar a trabalhar no sentido de garantir a diminuição dos índices elevados de mortes, principalmente de pacientes apoquentados pela malária.

Tempo

Multimédia