Províncias

Humanização em marcha

Lino Vieira | Luena

Gestores de instituições sanitárias do Moxico reuniram-se no Luena, para estudar estratégias que visem melhorar nos próximos tempos o processo de humanização do sistema de saúde.

Debatido em fórum o modelo de execução do programa na maternidade provincial do Moxico
Fotografia: João Gomes |

As estratégias foram discutidas durante o fórum sobre a Humanização do Sistema Nacional de Saúde, promovido pela direcção provincial do sector, em que se debateu o modelo de execução do programa na Maternidade Provincial do Moxico.
No encontro, que decorreu sob o lema “humanização, um acto de cidadania e dignidade no cuidar”, os participantes abordaram também a questão da saúde como um direito, questão da cidadania na saúde e a apresentação de um gabinete do utente na Maternidade Provincial.
O director provincial da Saúde, Egildo Jamba, disse que o Ministério de tutela tem vindo a tomar medidas com vista a melhorar os serviços na matéria da humanização da assistência aos doentes.
Considerou a humanização dos serviços de saúde como um valor básico para se conquistar uma melhor qualidade no atendimento e nas condições de trabalho dos profissionais da área.
Egildo Jamba informou que a primazia do Programa Nacional de Humanização prevê  resgatar o respeito pela vida humana,  tendo em consideração as circunstâncias sociais, éticas e educacionais em todo o relacionamento humano.
O director defendeu o reforço dos padrões de qualidade dos cuidados de saúde, desenvolver acções exequíveis para a satisfação do bem-estar dos utentes do sector da saúde e do pessoal técnico. O sistema de saúde está fortemente ligado à qualidade do relacionamento humano estabelecido entre os profissionais e utentes no processo de atendimento hospitalar.

Tempo

Multimédia