Províncias

Luchazes entre as dificuldades e a luta pelo desenvolvimento

Lino Vieira | Lutchazi

O município dos Luchazes, 345 quilómetros ao Norte da cidade do Luena, está a ganhar nova imagem, com a construção de várias infra-estruturas sociais.

Autoridades municipais estão preocupadas com a falta de centro de saúde e corpo clínico
Fotografia: Jornal de Angola

O município dos Luchazes, 345 quilómetros ao Norte da cidade do Luena, está a ganhar nova imagem, com a construção de várias infra-estruturas sociais.
A administradora municipal, Adelina Chilica, disse que o Executivo está a trabalhar no sentido de colocar no município infra-estruturas como hospital, escolas, postos médicos, casas para os quadros e outros empreendimentos que vão facilitar a vida e o desenvolvimento da população.
A vila de Cangamba, disse Adelina Chilica,    em breve vai ser servida com uma nova rede de energia eléctrica com capacidade e potência para servir toda a população. “Está em curso numa fase experimental a iluminação pública suportada por um gerador de150 Kva, que numa segunda fase vai atender toda a população de Cangamba”, afirmou a administradora.
Adelina Chilica, disse que a única dificuldade que o município enfrenta é o mau estado da via que liga a sede dos luchazes à cidade do Luena.
As estradas de ligação às comunas estão também em mau estado, “situação que tem estado a inviabilizar o transporte de materiais de construção para a região”.
A educação e saúde ainda enfrentam enormes problemas. Cangamba tem apenas duas escolas com duas salas de aulas, situação que obrigou a que dos três mil alunos matriculados, 804 ficassem fora do sistema de ensino.
No sector da saúde, por falta de um estabelecimento hospitalar, os doentes  são assistidos num dos  posto médico pertencente a uma igreja mas que tem apenas capacidade para  oito camas.

Tempo

Multimédia