Províncias

Luchazes está em pleno crescimento

Daniel Benjamim | Luena

O administrador municipal adjunto dos Luchazes, município do Moxico, enalteceu o esforço do Governo Provincial em prosseguir com as acções que resultaram na construção de várias infra-estruturas.

Programa de municipalização e de combate à pobreza está a permitir melhorar o nível de vida da população e a imagem da região
Fotografia: Jornal de Angola

O administrador municipal adjunto dos Luchazes, município do Moxico, enalteceu o esforço do Governo Provincial em prosseguir com as acções que resultaram na construção de várias infra-estruturas.
Em declarações ao Jornal de Angola, Francisco Caimbo afirmou que a execução dos  programas municipalizados e de combate à pobreza  permitiram a construção de escolas, centros e postos médicos, além de redes de distribuição de água nas quatro comunas.
“Estamos satisfeitos com o que foi feito em 2012 e pretendemos, este ano, aumentar cada vez mais o número de acções que permitam levar os serviços essenciais básicos à população”, disse o administrador.
Francisco Caimbo considerou o facto mais marcante no ano passado a construção do hospital municipal, com capacidade para 60 camas, que inclui serviços de banco de urgência, pediatria, laboratório, farmácia e outros serviços.
Para melhorar  o fornecimento de água,  está em curso na vila de Cangamba, sede dos Luchazes, a construção da rede de captação, tratamento e distribuição, que entra em funcionamento nos próximos meses. Ainda no mesmo programa, anunciou a construção em breve de um posto médico na localidade do Luzi, tendo em conta o número de habitantes existentes naquela localidade. Na área da agricultura, ainda segundo o administrador Francisco Caimbo, os apoios dados em termos de sementes agrícolas e de formação técnica dos camponeses, permitem perspectivar bons resultados na colheita, principalmente de milho, massango e batata rena.
A dinâmica nos sectores do Comércio, Hotelaria e Turismo, acrescentou,  está a depender do trabalho de reabilitação da estrada que liga o município à sede da província. Luchazes fica a 347 quilómetros da sede da província e tem 27 mil habitantes, que vivem essencialmente da agricultura, caça e pesca.

Tempo

Multimédia