Províncias

Lucusse aposta na produção agrícola

Narciso Chicuco | Lucusse

As autoridades comunais do Lucusse, a 133 quilómetros da cidade do Luena, convidaram ontem o sector empresarial a investir forte na produção agrícola, para ajudar na luta contra a pobreza na região.

Camponeses da região auguram boas colheitas a julgar pela regularidade das chuvas
Fotografia: Eduardo Pedro | Edições Novembro

O administrador comunal, Francisco Manuel, referiu  que a actividade agrícola tem alcançado grandes avanços, mas apela para que haja investimentos no sentido de reforçar os níveis de produção.
Francisco Manuel considerou que a região tem terras atractivas para a prática da agricultura e do turismo, daí apelar para a classe empresarial investir na comuna, com maior destaque para o sector agropecuário que precisa de ser dinamizado.
O administrador defendeu ainda a necessidade de uma maior agilidade na concessão de créditos aos camponeses, no sentido de facilitar as iniciativas dos homens do campo.
A comuna de Lucusse é cada vez mais forte, em termos agrícolas, desde que o país alcançou a paz, em 2002, destacando-se entre os maiores fornecedores de produtos do campo. “É, também, a localidade onde existem mais projectos agrícolas de âmbito familiar”, afirmou. O administrador referiu que o território, que serviu no passado como um dos maiores campos de batalha, é actualmente palco de grandes oportunidades para o desenvolvimento de várias culturas, principalmente de mandioca, milho, batata-doce e hortícolas.
O responsável comunal sublinhou que o sucesso para a diversificação da economia depende, em grande medida, de uma forte aposta ao sector agrícola. Manuel Francisco afirmou que os trabalhos de desminagem efectuados naquela localidade são outro incentivo para que a população trabalhe sem receios, no sentido de recuperar o tempo perdido e contribuir para a erradicação da pobreza.
Satisfeito com a regularidade das chuvas na região, o administrador comunal de Lucusse assegurou que a próxima colheita pode ser positiva e “há perspectivas de se superar os níveis alcançados na época anterior.”

Tempo

Multimédia