Províncias

Mais casos de tuberculose foram notificados

José Rufino| Luena

O Hospital Sanatório do Moxico diagnosticou, de Janeiro a Dezembro de 2014, 162 novos casos de tuberculose e 43 mortes, em 3.428 consultas realizadas, disse a directora clínica da instituição.

Clementina Vumbi considerou ao Jornal de Angola ser um número bastante reduzido em comparação com o ano de 2013, em que foram apurados 170 casos em 3.806 consultas feitas, com 48 óbitos registados. Clementina Vumbi garantiu que não existem por enquanto problemas de falta de medicamentos, porque o hospital tem sido abastecido todas as semanas com os fármacos necessários.
A directora apontou a falta dos serviços de hemoterapia como sendo um dos maiores constrangimento que o hospital enfrenta. “Quando necessitamos de uma transfusão de sangue somos obrigados a levar o paciente para o hospital geral e em muitas ocasiões as nossas urgências não são atendidas a tempo, devido às várias solicitações que o único centro de hemoterapia recebe, vindas de outras unidades sanitárias.” 
Para se ultrapassar este problema no futuro, Clementina Vumbi garantiu que tudo está a ser feito para que nos próximos tempos o hospital sanatório tenha um centro de hemoterapia.

Tempo

Multimédia