Províncias

Mais escolas em construção

Lino Vieira | Luena

Um total de quatro novas escolas entram em funcionamento  no município do Luacano  a partir do próximo ano lectivo, informou ontem a administradora muncipal.

Mais crianças da região vão ser inseridas no sistema normal de ensino e aprendizagem
Fotografia: Lino Vieira | Luena

Construídos no âmbito do Programa de Investimentos Públicos, os novos estabelecimentos  de ensino  vão albergar 2.070 alunos. 
  Ana Filomena Chipoia garantiu  a continuidade de projectos nos sectores da Educação, Saúde, Energia e Águas e Saneamento Básico, por serem áreas de maior preocupação. A administradora salientou que antes do alcance da paz definitiva, em 2002, o município do Luacano tinha apenas cinco escolas  e hoje, com a implementação de programas no Sector da Educação, a região conta  com 14 escolas, com 91 salas de aulas.
 Ana Filomena Chipoia  reconheceu o crescimento do município nestes últimos anos, com a construção de infra-estruturas, e sustentou que, apesar das dificuldades financeiras que o país está a viver, os principais serviços essenciais básicos vão estar garantidos. />Várias acções destinadas a garantir o bem-estar da população foram desenvolvidas, disse a administradora, com destaque para a construção de unidades sanitárias,  a Casa da Juventude, centros infantis e comunitários e de sistemas de fornecimento de energia e água potável.   Sistemas de captação e tratamento de água, que vão beneficiar mais de mil pessoas nas localidades de Sambololo, Tchinhama, Nhamoji, Caxica e Ndona estão a ser construídos, disse  Ana Filomena Chipoia, que informou  que a merenda escolar  beneficia três mil alunos do ensino primário.
 O director municipal da Educação, Domingos Catepa, referiu que neste ano lectivo foram matriculados 7.074 alunos e, por falta de professores e salas. No Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar, acrescentou, estão matriculados mais de sete mil cidadãos.

Tempo

Multimédia