Províncias

Mais hospitais e escolas na província do Moxico

Lino Vieira | Moxico

O Moxico passa a ter, ainda este ano, mais oito hospitais municipais e outras tantas escolas, cada uma com 12 salas, e laboratórios, disse ontem o director do gabinete de estudo e planeamento do governo provincial.

O Moxico passa a ter, ainda este ano, mais oito hospitais municipais e outras tantas escolas, cada uma com 12 salas, e laboratórios, disse ontem o director do gabinete de estudo e planeamento do governo provincial.
No quadro da municipalização dos serviços de saúde, afirmou, estão a ser construídos, reabilitados e equipados alguns hospitais municipais, dois dos quais, um no Alto Zambeze e outro no Luchazes, são inaugurados nos próximos meses. Hélder Cahilo referiu que, no âmbito das acções desenvolvidas pelo governo provincial, foram inauguradas 12 casas  para professores universitários e que, em breve, começa a funcionar, na cidade do Luena, Moxico, uma central térmica, com quatro grupos geradores, com capacidade para 8.000 KVA.
O Programa de Investimentos Públicos, declarou, contempla a construção de duas centrais de captação, distribuição e tratamento de água no Luena e na sede municipal dos Luchazes.
Quanto ao cumprimento dos 11 compromissos para a protecção da criança está a ser reabilitado e modernizado um centro de acolhimento.  O governo provincial está também a executar, na localidade de Sacassange, um projecto  agro-industrial e a construir, no município da Cameia, o Instituto de Desenvolvimento Agrário.

Tempo

Multimédia