Províncias

Mau estado da estrada ameaça isolar a região

José Rufino

A estrada que liga os municípios do Luau e do Alto-Zambeze, na província do Moxico, numa extensão de 230 quilómetros, corre o risco de se tornar intransitável, caso não haja uma intervenção urgente, para melhorar a circulação naquele troço. 

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

A estrada foi adjudicada para obras de reabilitação em 2012, tendo o empreiteiro as abandonando em 2015, por alegada falta de verbas, depois de ter asfaltado 80 quilómetros do referido troço.
A situação está a criar grandes constrangimentos à circularão de pessoas e bens, principalmente para a população dos municípios do Luau e do Alto- Zambeze, que não encontram outra alternativa para atingir as referidas localidades.
A população, agastada com a situação, aproveitou  a visita do governador Gonçalves Muandumba para solicitar intervenção urgente na via, que tem provocado grandes embaraços ao trânsito, entre as duas localidades. Durante o encontro que Gonçalves Muandumba manteve com as autoridades tradicionais, funcionários da Administração Municipal e jovens, ouviu as preocupações não só do mau estado da via, mas também outras que se prendem com  a  falta de medicamentos e de pessoal técnico.
O governador provincial do Moxico, depois de ouvir as preocupações da população,  prometeu a resolução paulatina das mesmas, dentro das possibilidades, dando prioridade às estradas, saúde e educação.
“Espero que fique bem claro que não vamos resolver os problemas todos de um dia para o outro. É uma questão de tempo e a colaboração de todos é extremamente importante, para juntos encontrarmos o caminho para a resolução dos múltiplos problemas que o Moxico ainda vive”.
Gonçalves Muandumba, que fez a primeira deslocação ao interior da província na condição de governador do Moxico, prometeu tudo fazer para elevar o nome da província ao nível mais alto.

Tempo

Multimédia