Províncias

Milhares de desalojados em Cazombo

Mais de dez mil pessoas desalojadas e duas mil casas destruídas é o balanço das consequências das chuvas que caíram nos últimos sete dias, no município do Alto Zambeze, província do Moxico.

Mais de dez mil pessoas desalojadas e duas mil casas destruídas é o balanço das consequências das chuvas que caíram nos últimos sete dias, no município do Alto Zambeze, província do Moxico.
Segundo o porta-voz dos Serviços de Bombeiros, Paulo Muhongo, as chuvas provocaram igualmente a morte de uma criança de dez anos e a destruição total de oito escolas primárias.
Apelou aos munícipes para evitarem a construção de casas em locais de risco, para evitar desastres.
Os bairros Luvua, Cerâmica, Cahuiza, Tchinuque e outros da periferia de Cazombo são os mais afectados. Paulo Muhongo disse que durante a semana passada, os Serviços de Bombeiros não registaram nenhum caso de incêndio, frutos das constantes palestras de sensibilização da população. Apelou aos responsáveis de instituições públicas e privadas a adquirirem meios para extinção de incêndios.

Tempo

Multimédia