Províncias

Milhares de salas de aulas abertas para o ano lectivo

Lino Vieira | Luena

O governo Provincial do Moxico está a construir, em todos os municípios, 39 escolas, para evitar a dispersão de alunos do ensino primário.

Novas salas entram em funcionamento este ano
Fotografia: Jornal de Angola|

O governo Provincial do Moxico está a construir, em todos os municípios, 39 escolas, para evitar a dispersão de alunos do ensino primário. O director da Educação, Jones Abel Pique, disse que as escolas, dez para o município sede e duas para cada um dos outros municípios, podem entrar em funcionamento ainda este ano, uma vez que as obras estão em fase final.
O director da Educação garantiu ainda que este ano lectivo vai arrancar o ensino médio no município do Lumeje Cameia, situação que pode abranger igualmente o Luau e Alto Zambeze. Nesta altura, 1.376 salas estão disponíveis para os alunos da Província do Moxico.
Jones Abel Pique disse que as autoridades apostaram na construção e reabilitação de infra-estruturas escolares, com vista a diminuir o número de crianças fora do sistema de ensino. O sector da Educação está a registar melhorias consideráveis, nos últimos anos. Em 2008, a província possuía 439 salas, estando actualmente com 1.376, todas de carácter definitivo.
 Quanto ao reforço do quadro docente, o director provincial da Educaçãol disse que foram admitidos por concurso público, 668 novos professores para se juntarem aos 6.423 existentes. Jones Abel  Pique reconheceu que o funcionamento normal do sector passa pela construção de mais salas e a contratação de mais professores.
O programa de merenda escolar vai beneficiar 60 mil crianças, numa altura em que as autoridades pretendem descentralizar o projecto para todas as administrações municipais.
 Antes do arranque do ano lectivo,  os professores frequentaram cursos de qualificação em que foram abordados temas como princípios pedagógicos, preenchimento de pautas, provas de avaliação e métodos de ensino.

Tempo

Multimédia