Províncias

Moxico tem 169 áreas minadas

Ao todo, 169 áreas na província do Moxico estão afectadas com minas, com realce para os municípios sede, Alto Zambeze, Bundas e Luchazes, informou ontem, no Luena, o oficial local de ligação e informação da Comissão Nacional Intersectorial de Desminagem e Assistência Humanitária (Cnidah), Chile Chicanha, segundo a Angop.

Fotografia: DR


O responsável disse que estão a ser desminadas algumas áreas na localidade de Canaje, Lussivi, Tepa 07 e Tepa 08, todas na sede do município do Moxico, acrescentando que em 2019 foram desminados um milhão e 193 mil e 720 metros quadrados de terra, contra os nove milhões de metros quadrados de 2018.
No ano passado, os engenhos explosivos causaram três ferimentos ligeiros, dois graves e uma morte nos municípios do Moxico e Bundas. Intervêm no processo de desminagem na província, o Grupo Consultor de Minas (MAG), Instituto Nacional de Desminagem (INAD), Repartição de Engenharia da 72º Brigada das FAA da RML e da 7ª Brigada Militar da Casa de Segurança do Presidente da República.
A Declaração de Maputo de 2014 estipula o fim de campos minados com engenhos anti-pessoal até 2025, para todos os Estados partes da Convenção de Ottawa, em que o país é também signatário.

Tempo

Multimédia