Províncias

Moxico aposta na indústria e no fomento do emprego

Kapalo Manuel| Luena

O Governo provincial do Moxico colocou a agricultura, a pesca e exploração de madeira como prioridades para o desenvolvimento da indústria e fomento de emprego, disse  o vice-governador para o Sector Político e Social, Carlos Alberto Masseca.

Fazendeiros e agricultores contam com o apoio do Governo para aumentarem a produção
Fotografia: Jaimagens|fotógrafo

 “Estamos a trabalhar também para aumentar a oferta de cursos no ensino superior público e nos institutos médios politécnicos criados a nível da província”, acrescentou o vice-governador, que falava no final de um encontro de auscultação de jovens, sob o lema “Juventude inserida na vida activa, futuro garantido”.
No encontro, que contou com a participação de 300 jovens foram discutidos temas ligados à avaliação do grau de implementação do plano nacional de desenvolvimento da juventude, políticas do Estado e plano de acção para a juventude, estatuto do dirigente associativo, actualização do registo das associações e bases de dados das organizações juvenis, legislação sobre bebidas alcoólicas e tabacos e o papel dos centros de emprego na inserção dos jovens no mercado de trabalho.
O vice-governador  disse, na ocasião que a juventude angolana tem um papel importante em diferentes momentos da história do nosso país e por representar a força motriz para o desenvolvimento económico e social constar em todos os projectos de políticas públicas do Estado.
Carlos Alberto Masseca lembrou que o Governo  aprovou recentemente o plano de desenvolvimento nacional 2018/2022, que aponta as principais resoluções dos problemas dos jovens como o emprego, formação técnico profissional, o acesso à educação, saúde, turismo, tecnologias de comunicação e informação, defesa e segurança.  O vice-governador disse  que a província do Moxico é maioritariamente constituída por jovens e pelo que qualquer programa do governo visa resolver os problemas no seio desta franja.
Defendeu mais trabalho para consolidar os  êxitos no âmbito do princípio “melhorar o que está bem e corrigir o que está mal”.
Anunciou o que está a ser feito, pelo departamento provincial do Desporto, em colaboração com o Conselho Provincial da Juventude, um diagnóstico sobre os problemas habitacional, alfabetização e aceleração escolar.
Ainda sobre a juventude, Carlos Alberto Masseca assegurou que “está em carteira um plano que visa reforçar a capacidade técnica das instalações onde funciona o centro de emprego e formação profissional, de forma a habilitá-lo com cursos capazes de dar conhecimentos, tendo em vista as futuras exigências do mercado de trabalho”.
O vice-governador referiu que os jovens têm um papel muito importante no combate às grandes endemias, como o HIV- Sida, as hepatites B, doenças que “têm vindo a ganhar proporções alarmantes”.
 Ainda no âmbito do cumprimento dos compromissos com a juventude,  anunciou que as administrações municipais foram orientadas a criarem sítios de lazer,  com vista a fomentar as actividades desportivas e culturais. 
Prometeu estimular o mérito entre as jovens, para que possam estar bem representadas em todos os sectores da sociedade.
“Vivemos um momento que precisa  reforço do desenvolvimento democrático, para  os jovens da província participarem activamente na discussão do pacote legislativo sobre as autarquias, de modo que haja organização nos municípios que foram seleccionados”.

Tempo

Multimédia