Províncias

Moxico assinala progressos nos serviços sociais

Samuel António|

O programa de Combate à Pobreza e de Desenvolvimento Rural, traçado pelo Executivo para melhorar  a oferta dos serviços sociais básicos e das condições sociais das famílias, constitui um dos principais ganhos dos dez anos de paz, reconheceu o pastor da Igreja Evangélica dos Irmãos em Angola (IEIA), no Moxico, Fernando Rodrigues Saihemba.

A chegada do comboio à cidade do Luena é um dos acontecimentos de maior realce ao longo dos dez anos de paz em todo o país
Fotografia: Carlos Paulino|Luena

O programa de Combate à Pobreza e de Desenvolvimento Rural, traçado pelo Executivo para melhorar  a oferta dos serviços sociais básicos e das condições sociais das famílias, constitui um dos principais ganhos dos dez anos de paz, reconheceu o pastor da Igreja Evangélica dos Irmãos em Angola (IEIA), no Moxico, Fernando Rodrigues Saihemba.
Em declarações ao Jornal de Angola, nesta província, Fernando Rodrigo a construção de  escolas, hospitais e centros de saúde, a melhoria do abastecimento de energia eléctrica e água potável, no âmbito do programa “Água para Todos”, assim como o desenvolvimento da agricultura.
O pastor referiu ainda a construção e reabilitação de estradas, pontes, caminhos-de-ferro, residências para a juventude e antigos combatentes e a implementação dos projectos agrícolas através da concessão do crédito de campanha.
Na sua opinião, a circulação do comboio do Caminho-de-Ferro de Benguela, no Luena, e a modernização dos aeroportos em várias províncias do país, contribui para o desenvolvimento da região e dos países limítrofes.
À sociedade civil e à igreja, o pastor  lançou um apelo no sentido de continuarem a  apoiar as acções do Executivo, que visam a preservação da paz, a promoção do diálogo, da democracia, da unidade e reconciliação nacional.
A execução de vários projectos sociais no Moxico tem contribuído para o aumento de novas infra-estrutras, que estão a diversificar a oferta de serviços sociais básicos à população, no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento e Combate à Pobreza.

Saúde em expansão

Desde 2008, no sector da Saúde, foram construídas mais de 50 infra-estruturas sanitárias, como hospitais municipais, centros de saúde e postos médicos, em várias localidades da província.
Está ainda em curso a construção de dois hospitais municipais no Moxico e Kamanongue, com capacidade para 100 e 74 camas cada, e a construção de dois centros médicos nos bairros Cawango e Sinai Velho, nos arredores da cidade do Luena. Para reforçar o quadro de pessoal médico, o governo da província celebrou vários contratos com especialistas de várias nacionalidades  que  estão a trabalhar em todos os   municípios. O objectivo é aumentar a oferta de serviços e melhorar a assistência médica e medicamentosa prestada à população.

Novas escolas  

Até 2013, a província do Moxico vai contar com 94 novas escolas. O lançamento simbólico da primeira pedra para a construção das infra-estruturas foi feito ontem pelo governador João Ernesto dos Santos “Liberdade”, no bairro Alto-Luena, arredores da cidade do Luena O director do Gabinete de Estudos e Planeamento do Governo Provincial, Hélder Will Cahilo, disse que o aumento das infra-estruturas escolares vai permitir acabar com o número de crianças que actualmente se encontram fora do sistema de ensino.
Esclareceu ainda que o programa para a execução destes empreendimentos foi aprovado pelo Presidente da República e Chefe do Executivo aquando da sua visita ao Luena, a 4 de Abril. Na primeira fase da empreitada serão erguidas 30 escolas em todos os municípios. O município do Moxico vai ser contemplado com 50 novas escolas devido à sua elevada população estudantil. Na primeira fase, referiu, vão ser beneficiados os município dos Bundas, Luau e Alto-Zambeze, com quatro, três e duas escolas cada
“O governo pretende colocar junto das populações escolas que atendam o ensino primário até ao segundo ciclo, devendo o aluno abandonar a escola do seu bairro apenas para frequentar o ensino superior”, referiu Hélder Cahilo, notando que com a conclusão de mais 30 novas escolas a província do Moxico passará a contar com 480 novas salas de aulas.
Neste momento, decorrem as obras de construção de dois Institutos Médios, na cidade do Luena, e um Politécnico, no município fronteiriço  do  Luau.

Habitação e agricultura

No sector da habitação, destaca-se, em todos os municípios, a construção de 200 fogos habitacionais e casas evolutivas, no âmbito do programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.
Em relação ao sector da agricultura, o Executivo está  a desenvolver,  na localidade de Sacassanji, 14 quilómetros a sul do Luena, um projecto avícola e de produção de milho. O director provincial da Agricultura e Desenvolvimento Rural, António da Silva, disse ao Jornal de Angola que a cadeia produtiva de Sacassanji vai fornecer anualmente ao mercado três milhões de ovos e 850 toneladas de hortícolas.
Para dinamizar as actividades agrícolas na província, 47 associações de camponeses, que corresponde a 3.500 famílias,  beneficiaram de crédito agrícola.

Tempo

Multimédia