Províncias

Moxico reforça plano de melhoria do ensino

Lino Vieira| Luena

Os responsáveis do sector da Educação do Moxico estão a desenvolver uma série de acções que visam superar os resultados alcançados pelos diferentes subsistemas do ensino, durante o último ano lectivo, disse ontem, no Luena, o seu director provincial.

Província necessita de centenas de docentes
Fotografia: Arão Martins|Edições Novembro

Abel Jones Pique explicou que foi com este propósito que a Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia reuniu com os professores dos vários subsistemas de ensino, com o objectivo de avaliar e encontrar estratégias para melhorar a qualidade do processo de transmissão e aprendizagem.
O encontro, de carácter provincial, serviu também para abordar a questão do processo de cadastramento dos docentes, desactivação de professores no Sistema Integrado de Gestão Financeira do Estado (SIGFE), concurso público, subsídios dos alfabetizadores, actualização de categoria e questões salariais.
A problemática da carência de professores, aproveitamento escolar dos alunos e a realização das olimpíadas de Matemática, na cidade do Luena, e do concurso de redacção da SADC são outras questões debatidas no encontro.
Abel Jones Pique explicou que houve bom resultado percentual do aproveitamento escolar nos três subsistemas de ensino e uma redução de alunos reprovados e de desistências. O  director provincial, Abel Jones Pique, disse ainda que o concurso público, realizado no ano passado, vai permitir o ingresso, neste ano, de 690 funcionários para o sector, entre professores e quadros administrativos.
O responsável afirmou ainda que estão disponíveis apenas 565 vagas para actualização de categorias, deixadas por professores transferidos, reformados e falecidos.
Abel Pique referiu que a província do Moxico conta com 2.008 salas de aula, nos vários subsistemas de ensino, que funcionam em 321 escolas. O processo de transmissão de conhecimentos é garantido por um grupo de 4.789 professores.
Mas, o director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia esclareceu que, para cobrir as necessidades do Moxico, são precisos mais 2.611 professores.

Tempo

Multimédia