Províncias

Município aumenta capacidade escolar

Daniel Benjamim e Augusto Baptista| Cameia

O sector da Educação no município da Cameia, vai ser reforçado com mais quatro novas escolas em construção, no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza.

As infra-estruturas erguidas na sede do município e na localidade de Caueué vão receber milhares de alunos no próximo ano
Fotografia: Daniel Benjamim| Cameia

As infra-estruturas estão a ser erguidas na sede do município e na localidade de Caueué. Quando estiverem  concluídas, no próximo ano lectivo,  vão receber 3.510 alunos em dois turnos.
O administrador municipal da Cameia, Rodrigues Chipango Sacuaha, disse que, em 12 anos de paz, o município renasce dos escombros da guerra, o que orgulha os seus habitantes, com a construção de várias infra-estruturas sociais.
Rodrigues Chipango Sacuaha, que falava no acto das comemorações dos 49 anos de elevação da Cameia à categoria de município, em 1965, apontou os investimentos em obras sociais, que permitiu a melhoria dos serviços básicos à população. 
Para melhorar os cuidados de saúde à população, a Administração Municipal está a construir em Caueué um posto médico, para garantir assistência a 2.000 habitantes e evitar a deslocação dos doentes à sede do município.
O município da Cameia tem solos férteis para o cultivo de cereais, frutas e hortícolas. Existem dez associações de camponeses e 15 de pescadores que já beneficiaram de crédito bancário para relançar a actividade agrícola e piscatória. O administrador lembrou que a grande preocupação de momento está relacionado com o número reduzido de agências bancárias, situação que tem criado transtornos aos habitantes da região. Está a ser construída no município uma agência do Banco de Comércio e Indústria (BCI) e também está prevista a construção de uma dependência do Banco de Poupança e Crédito (BPC). Desde os Acordos de Paz, disse o administrador da Cameia, foram erguidos na região vários empreendimentos, com destaque para o Hospital Municipal com capacidade para internar 50 doentes, que foi devidamente equipado.
No âmbito do Programa Habitacional, referiu, foram concluídas 90 casas, das 100 previstas nesta primeira fase. Em termos de escolas, a região registou crescimento, apesar de existirem ainda crianças fora do sistema normal do ensino.
O município da Cameia está localizado 102 quilómetros a Leste da cidade do Luena. 
O seu nome  deriva  de um  soba Luvale. A sede é a vila do Lumeje e conta com uma população  de 40 mil habitantes que se dedica à agricultura, pesca e caça.
O município tem o Parque Nacional da Cameia um dos mais importantes do país. A circulação do comboio até à fronteira vai trazer grande desenvolvimento à região.

Tempo

Multimédia