Províncias

Município do Alto Zambeze com nova escola secundária

José Rufino | Alto Zambeze

O município do Alto Zambeze, na província do Moxico, conta com mais uma escola do II ciclo do ensino secundário, com 24 salas, inaugurada no fim de semana pelo governador provincial João Ernesto dos Santos “Liberdade”.

Mais crianças podem aprender a ler e escrever
Fotografia: Eduardo Pedro

A  nova escola  do município alberga 1.700 alunos, divididos em dois períodos, e além das salas de aula tem  laboratórios de Informática, de Física e de Biologia.
O chefe da repartição municipal da Educação no Alto Zambeze, Fernando Mununga, disse na ocasião que, com a inauguração da  escola, o município   conta com 130 salas de aulas. As aulas, acrescentou, são asseguradas por 312 professores.
Fernando Mununga referiu que, para o presente ano lectivo, foram inscritos 34.934 alunos, em vários subsistemas de ensino, e mil adultos no processo de alfabetização.
“Temos fora do sistema de ensino um total de 10.234 crianças a nível de todo o município, mas as autoridades da província envidam esforços para solucionarem esta situação. Temos a esperança de que ainda este ano  inauguramos mais uma escola, com dez salas”.
O município do Alto Zambeze precisa de mais 351 professores, informou Fernando Mununga, que acrescentou que no Alto Zambeze apenas duas mil crianças beneficiam de merenda escolar.  O chefe da repartição municipal da Saúde, Jacinto Sandesse, disse que a assistência médica é garantida por cinco médicos e 62 enfermeiros, sendo necessários mais cinco médicos e 30 enfermeiros, para cobrir as 17 unidades sanitárias do município do Alto Zambeze.
A malária, as doenças diarreicas agudas, o sarampo, o HIV-Sida e os acidentes de viação são os casos mais frequentes nas unidades sanitárias do município do Alto Zambeze, concluiu Jancito Sandesse.

Tempo

Multimédia