Províncias

Perspectivada boas colheitas na província

As primeiras colheitas de milho a nível do projecto agro-pecuário de Sacassange, a cerca de 14 quilómetros do Luena, começam a ser efectuadas em Maio, anunciou ontem o director provincial da Agricultura do Moxico.

As primeiras colheitas de milho a nível do projecto agro-pecuário de Sacassange, a cerca de 14 quilómetros do Luena, começam a ser efectuadas em Maio, anunciou ontem o director provincial da Agricultura do Moxico.
António da Silva disse que está prevista a colheita de 380 toneladas de milho por ano, para produção de ração de animais, como caprinos e aves, numa primeira fase.
Posteriormente, explicou o director provincial, as comunidades circunvizinhas vão ser contempladas com o projecto, para aumentar os indicadores de produção agro-pecuários. O processo é rotativo, pois, além do milho, vai passar a cultivar feijão, soja, ginguba, batatas doce e rena, para a revitalização dos solos. O milho colhido vai servir para sustentar a fábrica de ração animal do projecto agrícola, instalado na povoação de Sacassange.
O projecto enquadra-se na estratégia do Ministério da Agricultura, de diversificar a economia da região e garantir o auto-sustento das famílias camponesas. António da Silva falava durante a cerimónia de lançamento dos primeiros grãos de milho, em 220 hectares de terra, preparados para o cultivo do produto, por métodos mecânicos e de irrigação. Além da produção de cereais, tubérculos e hortícolas, a fazenda agrícola, está vocacionada para a criação de gado.

Tempo

Multimédia