Províncias

Pista de Catoca pronta para voos

Adão Diogo | Saurimo

A suspensão do acesso à pista do aeródromo de Catoca, na província da Lunda-Sul, forçada por obras de colocação de asfalto nos seus 2.300 metros de comprimento, por trinta de largura, tem perspectivada a sua reabertura ao tráfego a partir 4 de Junho.

Após inspecções realizadas no local a ENANA autorizou a abertura do aeroporto do Catoca
Fotografia: Adão Diogo|Saurimo

A suspensão do acesso à pista do aeródromo de Catoca, na província da Lunda-Sul, forçada por obras de colocação de asfalto nos seus 2.300 metros de comprimento, por trinta de largura, tem perspectivada a sua reabertura ao tráfego a partir 4 de Junho.
Após inspecções realizadas no local por especialistas do ramo, a ENANA deu a sua autorização à abertura, depois de seis meses de obras.  De acordo com o responsável dos serviços aeroportuários da Sociedade Mineira de Catoca, Amaro Barbosa, a consumação do projecto remete para um passado, de 15 anos de utilização de uma pista de brita compactada, inicialmente com apenas 1.200 metros de extensão, contra os mais de dois mil actuais, em condições de garantir manobras seguras e conforto aos passageiros. “A pista está preparada para receber qualquer tipo de aronave" utilizada no país, disse o também chefe dos serviços administrativos, que realçou a importância de inovar a imagem da sala de embarque/desembarque e as dependências de controlo, segurança e fiscalização. O empreendimento reabilitado representa uma alternativa à pista de Saurimo, em caso de problemas na sua utilização.

Tempo

Multimédia