Províncias

Redução da morte no Hospital Geral

José Rufino | Luena

O banco de urgência do Hospital Geral do Moxico, no Luena, registou durante o primeiro  trimestre  do ano em curso 13 óbitos por malária, contra 40 no mesmo período do ano passado, anunciou o chefe de estatística da unidade sanitária. 

Francisco Gabriel indicou que, além de mortes por malária, foram registados 11 óbitos por febre tifóide, seis por acidentes vasculares, seis por doenças respiratórias agudas, quatro por malnutrição e duas por doenças diarreicas agudas, num total de 53 óbitos.
O responsável avançou que no período em referência o banco de urgência registou a entrada de 25.­794 doentes com patologias diversas, dos quais 9.665 tiveram alta e 852 foram transferidos para as enfermarias. A formação constante dos técnicos, referiu, permite melhorar a assistência à população.

Tempo

Multimédia