Províncias

Sacassanje e Sangondo com novas escolas

José Rufino | Luena

A povoação do Sacassanje e Sangondo, nos arredores da cidade do Luena,passou a contar com mais duas novas escolas do ensino primário, com capacidade para 245 alunos cada.

Centenas de crianças com idade escolar passam a ter acesso ao ensino primário
Fotografia: Daniel Benjamim | Luena

As duas escolas, construídas no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP), foram inaugurados pelo governador provincial do Moxico, João Ernesto dos Santos, no quadro das comemorações do Dia da Independência Nacional. 
O soba da comunidade de Sangondo enalteceu os esforços das autoridades provinciais para a construção da escola, que reduz o número de crianças sem acesso ao ensino por falta de salas, e sublinhou que o Executivo está a trabalhar para solucionar os principais problemas da população.
“Agradeço à Administração Municipal pelas condições criadas. Os nossos filhos já não têm razões para não irem à escola por falta de salas, como no passado. Temos agora a certeza de que, no futuro, vamos contar com quadros nossos, o que era difícil imaginar há anos atrás. Sentimo-nos orgulhosos pela construção deste bem público”, salientou o soba de Sangondo.    
A outra preocupação da comunidade, apontada pelo soba, tem a ver com estado das estradas, daí ter solicitado às autoridades uma maior atenção aos acessos para a cidade do Luena.  
Sacassanje foi outra localidade que beneficiou de uma escola. Falando em nome dos habitantes, Paulo André, residente na povoação, disse que a construção da ­escola garanteo aumento do número de crianças no ensino.“Os grandes investimentos que se fazem hoje em Angola são consequência da Independência Nacional. A nossa localidade está a crescer com novas infra-estruturas. Faltam ainda estradas, pois as que existem não oferecem segurança aos automobilistas. Mas temos a certeza que isso também fazer ser feito”, disse Paulo André.

Tempo

Multimédia