Províncias

Serviços básicos melhoram oferta

José Rufino | Luena

O governador da província do Moxico João Ernesto Santos “Libedade” considerou proveitoso o ano que está prestes a terminar pelas conquistas alcançadas no âmbito  da implementação do programa de investimentos públicos, que visou aumentar e melhorar significativamente a oferta dos serviços sociais básicos das populações.

Por várias razões as torneiras na cidade do Luena continuam sem jorrar água potável
Fotografia: Jornal de Angola

O governador da província do Moxico João Ernesto Santos “Libedade” considerou proveitoso o ano que está prestes a terminar pelas conquistas alcançadas no âmbito  da implementação do programa de investimentos públicos, que visou aumentar e melhorar significativamente a oferta dos serviços sociais básicos das populações.
O governante, que falava na terça-feira no Luena, na tradicional cerimónia de cumprimentos de fim de ano, disse que apesar de se constatarem inúmeras dificuldades financeiras que inviabilizaram, em certa medida, a concretização de várias acções, o volume de investimentos na província do Moxico mostra bons indicadores.
João Ernesto dos Santos lembrou que o sector da Educação na província passou a ter mais salas de aula e aumentou o número de professores em todos os subsistemas de ensino. “É uma alegria, já que pela primeira vez o ensino superior chegou ao Moxico. A implementação do programa de aceleração escolar e de alfabetização de adultos completa o quadro das acções no sector da educação na província”, referiu.
Na saúde, foram construídos estabelecimentos hospitalares, com particular destaque para o hospital municipal da Kameia.
O governador reconheceu, ainda, que o conjunto de acções implementadas foi possível através dos esforços empreendidos por todos os servidores públicos.
No sector da energia e águas foram construídos vários sistemas de captação, tratamento e distribuição de água em alguns municípios e comunas. “Estamos preocupados e tudo estamos a fazer para que as torneiras da cidade do Luena voltam a jorrar água potável no próximo ano”. João Ernesto dos Santos lembrou que o aumento da produção agrícola, a construção de casas para a juventude, a prevenção da violência doméstica e da sinistralidade rodoviária mereceram maior atenção por parte do governo do Moxico.
Estiveram presentes no acto de cumprimentos de fim de ano membros do governo, deputados, altas patentes das Forças Armadas e da Polícia Nacional, autoridades tradicionais e religiosas e representantes dos partidos políticos com assento no Parlamento.           

Tempo

Multimédia