Províncias

Técnicos de saúde pública com mais conhecimentos

José Rufino | Luena

Mais de 70 técnicos de saúde estão preparados para gerir dados e medicamentos nas unidades sanitárias da província do Moxico. Chefes de secções de saúde pública, supervisores do Programa Alargado de Vacinação (PAV), da saúde reprodutiva, da malária, da nutrição e da vigilância epidemiológica, participaram até ontem num seminário provincial sobre gestão de dados e medicamentos, promovido pela Direcção Provincial da Saúde.

População local é melhor assistida
Fotografia: Mavitidi Mulaza| Uíge

O seminário teve como objectivo analisar e corrigir os relatórios das unidades sanitárias, qualificar os responsáveis municipais na gestão de dados em todos os níveis e as equipas técnicas municipais na execução do cronograma das actividades e análise dos dados estatísticos.
Segundo o supervisor provincial do Programa Alargado de Vacinação, Domingos Mufeje, durante os anos transactos foram observadas deficiências na gestão da cadeia de frio, de vacinas, medicamentos, materiais e equipamentos, limitando a disponibilidade contínua e outros problemas. Durante o encontro, os participantes abordaram temas ligados aos modelos de medicamentos essenciais, da lepra, da tuberculose, malária, Sida, cadeias de frio e da cegueira dos rios.
Foram ainda apresentados os programas de vigilância epidemiológica, o programa da nutrição, da saúde pública, da saúde reprodutiva, fluxo de informação, envio, recepção e análise de dados.

Tempo

Multimédia